FANDOM

2,054,283 Pages

Uma intoxicação do meio dia
Com um álcool suave
Em uma desordem lasciva o dia inteiro
Com o prazer de um bom Margaux

Na garrafa de vidro caída
Está o suspiro de uma semente de papoula
Um de seus olhos está florescendo
Em sua flor dolorosamente crescente

Dizem que o amor é cego
Mesmo se for afogado, ah, tão cruel...
Durante um ataque de melancolia
Mil peixes vêm e vão
Eles passam por dentro de minha cabeça
E comem meu coração derretido
Isso é um sonho acordado

Enquanto pinto um globo
Com tinta azul
Eu procuro o sol poente
Na linha do Equador queimada

Cada dia afundou
Na névoa de calor dos recifes de coral
A História envelhece rapidamente
Conectando os tempos dolorosos

Meus sonhos desaparecem como bolhas
É o fim deste século, ah, tão trágico...

Durante a estação de metamorfose e de acasalamento
Mil escamas nascem
Elas amam umas as outras nas pontas de uma nadadeira
Espalhando bolhas rubras
No fundo do mar

Durante um ataque de melancolia
Mil peixes vêm e vão
Preso no aquário
Você está do outro lado do vidro

Durante a estação de metamorfose e de acasalamento
Mil escamas nascem
Elas amam umas as outras nas pontas de uma nadadeira
Espalhando bolhas rubras
No fundo do mar
Community content is available under Copyright unless otherwise noted.